Monday, November 18, 2019
NACIONAL

ARISTIDES GOMES NOMEADO PRIMEIRO-MINISTRO DO PRIMEIRO GOVERNO DA X LEGISLATURA

Junho 22, 2019
  

O braço-de-ferro PR José Mário Vaz/ PAIGC pela nomeação do Primeiro-ministro do primeiro governo da X legislatura não durou muito. Perante a recusa do nome do líder do PAIGC foi indicado Aristides Gomes o primeiro-ministro cessante que organizou as legislativas de 10 de Março.

Aristides Gomes foi reconduzido, sob proposta do PAIGC, e investido como primeiro-ministro. A cerimônia decorreu na presença do corpo diplomático acreditado em Bissau, e das chefias militares. Os grandes ausentes na cerimónia foram os dois grandes partidos da oposição MADEM G15 e PRS.

Tudo indicava que caso se insistisse no nome de DSP, dada a exiguidade do tempo, José Mário Vaz, que termina o mandato às zero horas de amanhã, domingo, dia 23 de junho, indicaria uma figura da sua preferência ao cargo. Essa opção pressupunha o agudizar da crise com consequências imprevisíveis devido ao estado de ânimo das partes envolvidas no processo.

Mas pelos vistos imperou o bom senso e as partes conseguiram avançar no sentido da superação da crise.

Agora as expectativas giram à volta do elenco governamental que não o PAIGC, através de Aristides Gomes, submeterá a José Mário Vaz, cujo mandato expira dentro de algumas horas depois de cinco anos de exercício em guerra aberta com o PAIGC que o levou a trabalhar com, nada mais nada menos, que sete primeiros-ministros

Todavia apesar de tudo aguardando negociações entre as partes sobre os pelouros que José Mário Vaz poderá estar interessado em indicar os respectivos detentoreses, as chamadas *pastas de soberania” que, desde tempos idos, habitualmente são atribuídas ao Chefe de Estado.