APRENDER COM OS NOSSOS ERROS
297  0

APRENDER COM OS NOSSOS ERROS

Ernesto Dabo  O combate político, quando é entre forças políticas de um país, por mais complexo, intenso e longo que for, independentemente da vontade dos protagonistas, a orientação estratégica de todos, é só uma: BEM SERVIR A NAÇÃO. Assim sendo, as capacidades de liderança de indivíduos ou grupos, são factores a ...

Maio 12, 2019
REFLEXÃO  
DSP VENCEU MAS NÃO CONVENCEU: «HERÓI» PARA UNS «VILÃO» PARA OUTROS
614  0

DSP VENCEU MAS NÃO CONVENCEU: «HERÓI» PARA UNS «VILÃO» PARA OUTROS

Por: Humberto MONTEIRO "O povo fez uma escolha e confiou-nos uma missão." A afirmação é do líder do PAIGC, partido vencedor das eleições legislativas de 10 de Março de 2019. "Na condição de presidente do partido escolhido pelo povo para governar o país, na condição de próximo primeiro-ministro da Guiné-Bissau, gostaria ...

Abril 04, 2019
REFLEXÃO  
QUEM TEM MEDO DE CARLOS GOMES JR.?
130  0

QUEM TEM MEDO DE CARLOS GOMES JR.?

Por: Humberto Monteiro Muitos querem que se candidate a Presidente da República mas temem pela sua vida. Concluídas as eleições legislativas, como não podia deixar de ser, uma vez que a magistratura de José Mário Vaz termina em Maio próximo, agora todas as atenções estão voltadas para o sufrágio que conduzirá à ...

Março 21, 2019
REFLEXÃO  
PARA QUÊ MUDAR
64  0

PARA QUÊ MUDAR

Por: Ernesto Dabo Por vaidade calada fingimos não lembrar do bom que fomos, do bem que fizemos quando publicamente se os refere. Por inconveniência primária, nem sequer politicamente é correcto associar as desgraças presente das ex-colonias em luta para se afirmarem como Estados modernos, aos inumanos crimes cometidos pelos colonialistas. Ou ...

Março 26, 2013
REFLEXÃO  
POLÍTICA DE TRANSIÇÃO – DIÁLOGO NECESSÁRIO, DIALOGO IMPROVÁVEL?
79  0

POLÍTICA DE TRANSIÇÃO – DIÁLOGO NECESSÁRIO, DIALOGO IMPROVÁVEL?

Por: Delfim da Silva Inclusão exclusiva! Se os dois PAIGCês - o PAIGC do governo e o PAIGC do parlamento - não se mostrarem capazes de se entender sobre o caminho que o partido deve trilhar, então, pode crer o leitor que o “diálogo necessário” será um diálogo altamente improvável, quase impossível. ...

Novembro 17, 2012
REFLEXÃO